Não existe ativo sem risco

O tesouro americano tem instrumentos poderosíssimos para lidar com a crise financeira. Além de imprimir dólares, eles emitem títulos de dívida a custo baixo, já que predomina no mercado a percepção de que o seu risco é muito baixo. Mas acontece que esse risco não é nulo, e em determinadas circunstâncias pode subir bastante. De acordo com o Journal, a agência S&P anda especulando que um resgate das agências de refinanciamento imobiliário Fannie Mae e Freddie Mac poderia custar algo como 10% do PIB americano,
o que resultaria na perda do status AAA (isto é, praticamente livre de risco) dos títulos do tesouro americano.

O difícil, a essa altura, é levar agências de classificação de risco a sério, como escreve Barry Ritholtz no Big Picture. A S&P está desmoralizada e não teria coragem de rebaixar os títulos do tesouro americano, pois sabe que essa decisão teria custo de trilhões de dólares, segundo ele.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: