A montanha russa dos preços do petróleo

Ontem, quinta-feira, a notícia era que o governo da China deve reduzir os subsídios aos combustíveis, e o preço do barril de petróleo caiu quase cinco dólares. Hoje, sexta-feira, o preço volta a subir – por causa da redução dos subsídios chineses, segundo operadores ouvidos pelo Financial Times.

A redução dos subsídios na China deve levar a uma redução do consumo ou, pelo menos, a uma redução da taxa de crescimento do consumo de combustíveis naquele país. No curto prazo, no entanto, parece haver uma expectativa de que a medida leva ao aumento dos estoques de refinadores, e portanto a um aumento da demanda.

Mas a grande expectativa hoje no mercado de petróleo é quanto à reunião da OPEP no fim-de-semana. O presidente da organização não parece simpatizar com aqueles que pedem mais produção. Já comentamos aqui no blog que a posição dos produtores tem lógica. Os altos preços estão levando à queda do consumo, e aumentar produção agora pode levar a um colapso de preços no médio prazo. Estão todos de olho no discurso e nas ações da Arábia Saudita.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: