Comentário semanal

O real continua forte, apesar do recuo dos últimos dias, e a taxa de câmbio valorizada provoca mudanças no comportamento dos consumidores brasileiros. Um indicador forte disso tem sido a presença cada vez maior de celebridades internacionais nos anúncios nos jornais e TVs. Sarah Jessica Parker, Sylvester Stallone e Kiefer Sutherland se tornaram figurinhas fáceis por aqui. Segundo notícia publicada pela agência Bloomberg, o real forte torna os custos de contratação dessas estrelas internacionais bastante competitivo.

O crescimento acelerado do nosso déficit em conta corrente – US$ 17,4 bilhões no primeiro semestre, contra um superávit de US$ 2,4 bilhões no mesmo período de 2007 – parece indicar que o real está excessivamente valorizado. No entanto, as oscilações da nossa moeda parecem estar cada vez mais ligadas aos movimentos das commodities que dominam a nossa pauta de exportação. Enquanto essa correlação se mantiver, vai ser preciso continuar vigiando de perto os números da conta corrente.

As bolsas de valores continuam voláteis, refletindo a incerteza quanto aos rumos da economia mundial e também com relação à saúde das principais instituições financeiras dos países desenvolvidos. Hoje, segunda-feira, as ações das americanas Fannie Mae e Freddie Mac caíram mais de 22% cada uma, depois que o semanário Barron’s sugeriu, na sua última edição, que cresce a probabilidade de um resgate pelo tesouro americano, que resultaria na destruição do valor dos atuais acionistas.

A queda da bolsa de Nova York – o índice Dow Jones caiu -1,6% hoje, segunda-feira – levou consigo os mercados ao redor do mundo e a Bovespa não foi exceção. Com a queda de -1,69% no pregão desta segunda-feira, a bolsa de São Paulo já acumula uma perda de -16,5% no ano de 2008. Estamos a níveis próximos ao de janeiro deste ano quando a bolsa sofreu pesadas perdas, contudo se recuperando rapidamente nos meses seguintes.

A pergunta que todos se fazem é até quando o Ibovespa vai continuar caindo. Pergunta impossível de responder. Contudo, o que podemos dizer é que aos preços atuais, parece interessante ter investimentos em renda variável.

Veja aqui o acompanhamento de fundos distribuídos pela Benchmark.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: