Comentário semanal

O plano do secretário do Tesouro Tim Geithner para lidar com os ativos podres dos bancos americanos, anunciado hoje, segunda-feira, foi recebido com euforia pelos mercados de ações. O índice Dow Jones fechou em alta de +6,8%, superado pelo S&P 500 que subiu +7,1%. De acordo com a agência Bloomberg, contando com a alta de hoje o mercado americano teve a maior valorização em um período de duas semanas desde 1938. As ações brasileiras seguiram a tendência, com alta de +5,9% no índice Bovespa.

O plano de Geithner é razoavelmente complexo, e precisa ser analisado em detalhe. O curioso é que a maior parte dos principais comentaristas dos jornais e blogs especializados em finanças reagiu de maneira bastante mais cautelosa do que os investidores. O plano é mais uma tentativa de permitir que os bancos limpem seus balanços se desfazendo de ativos podres. A principal novidade desta vez está na criação de parcerias público-privadas para adquirir esses ativos. Essas parcerias teriam capital do Tesouro, dinheiro emprestado pelos órgãos federais FDIC e Fed e participação de investidores privados.

Essas parcerias parecem ter duas funções. A primeira delas seria permitir que o contribuinte americano participe dos eventuais ganhos caso os papéis tóxicos venham a se valorizar no futuro. A segunda parece ser de alavancar os recursos do Tesouro. No atual clima político, com a fúria criada em torno dos bônus dos executivos da seguradora AIG, o governo Obama não parece disposto a pedir mais dinheiro ao Congresso. O plano Geithner procura alavancar os recursos disponíveis para obter o máximo de efeito possível.

O plano é complexo, e seu sucesso ou fracasso dependerá de uma série de fatores, dentre os quais a disposição dos bancos de vender os seus ativos que, por sua vez, dependerá dos preços que as parcerias estarão dispostas a oferecer. Mas a reação dos mercados sugere que existe uma esperança de que esse plano pode dar certo.

Veja aqui o acompanhamento dos fundos distribuídos pela Benchmark.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: