Comentário semanal

A Bovespa fechou em forte alta na segunda-feira 4 de maio, seguindo a tendência dos mercados globais. O índice Dow Jones teve alta de +2,61% e o S&P 500 subiu +2,58%. O Ibovespa subiu +6,59%, atingindo o patamar de 50 mil pontos pela primeira vez desde setembro de 2008.

Esse desempenho prolonga a tendência de alta dos últimos dois meses, aqui e lá fora. O índice S&P 500, por exemplo, já zerou as perdas desde o início do ano. O índice Bovespa, por sua vez, já subiu +34% em 2009, considerando o mercado desta segunda-feira, indicando uma avaliação positiva por parte dos investidores das perspectivas para a economia brasileira.

Mais especificamente, os sinais vindos da China – como o índice de gerentes de compras divulgado na segunda – sugerem que a retomada do crescimento naquele país pode ser a locomotiva do crescimento mundial, levando vários comentaristas a vislumbrar sinais de recuperação. Esses dados são particularmente importantes para o mercado brasileiro já que nossa bolsa é bastante concentrada em empresas produtoras de commodities. Além disso, nossa taxa de juros interna continua em trajetória de queda, com a inflação sob controle. Com o corte resultante da última reunião do Copom a taxa Selic atingiu 10,25% a.a., cenário este que tem contribuído para a boa performance de nossos mercados.

Contudo, para alguns analistas muito do movimento recente dos mercados pode ter mais a ver com a grande injeção de liquidez no sistema financeiro pelo Fed e outros bancos centrais do que com os fundamentos da economia, principalmente quando se fala da bolsa americana.

O futuro das instituições financeiras continua sendo um fator decisivo para o mercado americano. Espera-se para o final da semana a divulgação do resultado dos testes de stress propostos pelo departamento do Tesouro para os bancos americanos, e correm boatos de que grandes instituições como o Citigroup, Bank of America e Wells Fargo precisarão de mais capital. Porém, apesar dos rumores, as ações dos bancos estão entre as que mais se valorizaram nas últimas semanas.

Veja aqui o acompanhamento dos fundos distribuídos pela Benchmark.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: