Comentário semanal

O dólar continua dando o tom nos mercados globais. Desde a quebra da Lehman, a política de juros baixos / injeção de liquidez do Fed tem levado à depreciação do dólar frente a moedas como o real. Contudo, não há sinais de que o dólar esteja perdendo o seu status de principal moeda de reserva do sistema financeiro internacional. A depreciação da moeda tem correlação com a venda de ativos em dólar, na medida em que investidores procuram retornos melhores em investimentos denominados em outras moedas.

Essa dinâmica tem sido muito favorável para os investidores. Tem sido muito rentável tomar dólares emprestados, trocá-los por outras moedas (como o real) e investir fora de casa. Enquanto não houver perspectiva de mudança na política monetária americana os retornos tendem a ser muito atraentes. A questão, no entanto, é saber o que acontecerá com os preços dos ativos quando o Fed começar a elevar suas taxas de juros.

Na sexta-feira tivemos um sinal de como essa relação pode se inverter. A divulgação, nos Estados Unidos, de dados de emprego muito superiores ao esperado provocou altas simultâneas no dólar e nas ações, na medida em que investidores passaram a acreditar que a recuperação da economia permitiria uma alta dos juros americanos mais cedo do que se imaginava.

Essa perspectiva parece ter sido afastada pelas palavras de Ben Bernanke, presidente do Fed. Ele disse hoje, segunda-feira, que as taxas de juros devem permanecer baixas por um bom tempo. O panorama, portanto, permanece o mesmo dos últimos meses, com um pouquinho mais de nervosismo.

Veja aqui o acompanhamento dos fundos distribuídos pela Benchmark.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: